-

O Negroni branco

Versão clara do clássico coquetel italiano é o drinque do momento em speakeasy da moda

Da redação - Publicado em 10/01/2018, às 16h30

Poucos drinques clássicos ganharam variações ao longo de sua existência quanto o Negroni. Numa busca rápida é possível catalogar pelo menos umas 20 versões do clássico italiano. Umas igualmente consagradas, como o amadeirado Boulevardier, que leva bourbon no lugar do gin, e o frizante Sbagliato, com adição de espumante.

Outras bem pouco ortodoxas, como Peroni Negroni que leva cerveja tipo lager na composição ou o Parma, com suco de greapfruit, xarope e água tônica. Purismo a parte, dentro da primeira leva de releituras consagradas é possível encontrar gratas surpresas.

Como o White Negroni ou Negroni Bianco, como é chamado pelos italianos. A receita foi criada por Wayne Collins em 2001, na França, e se tornou mais popular quando começou a ser servida no Pegu Club, em Nova York. Por aqui, Fabio La Pietra, do SubAstor, em São Paulo, faz a sua versão com vermouth bianco, jerez fino e bitter, que entram na bebida junto com o London dry gin. O resultado é um Negroni mais suave mas não menos saboroso que o original. Ótima alternativa a paladares menos afeitos ao amargor.

Veja a receita do White negroni

SubAstor – R. Delfina, 163, Vila Madalena,São Paulo, SP; Tel.: (11) 3815-1364